Sucos Industrializados: Beba com moderação.

Levando em conta que hoje em dia, com a vida corrida as pessoas sem tempo para fazerem uma refeição saudável, cozinhar ou até mesmo destinar cinco minutos do dia para fazer um suco in natura, viemos dar dicas, informações sobre os sucos industrializados.
Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) com 12 bebidas à base de fruta, vendidas em caixinhas tetrapak ou garrafinhas de plástico em supermercados de São Paulo, elas contêm alto índice de açúcar, corantes e aromatizantes. O instituto avaliou a qualidade nutricional das bebidas, baseando-se na presença ou não dessas substâncias e as informações contidas nas embalagens, conforme manda a legislação.
As bebidas industrializadas tendem a conter altos teores de açúcar. É o caso dos néctares, que, segundo a legislação, devem respeitar um limite de adição de sacarose. Apesar de práticos, porque são vendidos em embalagens de um litro, os néctares são diluições açucaradas de sucos concentrados. Chegam a ter cerca de 20 gramas de açúcar por porção de 200 ml, o equivalente a duas colheres de sopa cheias.
É necessário estar atento à composição nutricional do suco para escolher a opção mais saudável. Muitos sucos industrializados podem apresentar uma porcentagem mínima da polpa da fruta, enquanto apresentam por demasiado substâncias como conservantes, corantes, xarope de glicose e muito açúcar comprometendo a qualidade nutricional e calórica da bebida.
Outro detalhe importante é que um dos corantes contidos nas bebidas, a tartrazina pode causar reações alérgicas, como asma brônquica, em pessoas alérgicas ao ácido acetil salicílico. Por decisão da Justiça Federal de São Paulo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) editou  uma norma obrigando que seja mencionado, com destaque na embalagem do produto, os efeitos adversos deste corante.
Para fazer a melhor escolha dentre os sucos industrializados é importante estar atento ao rótulo nutricional do produto. Verificar a ordem dos ingredientes pode ser importante para saber se o produto apresenta mais açúcar na composição do que a fruta propriamente dita, por exemplo. Sendo que a melhor opção de suco industrializado é realmente aquele que apresenta 100% de polpa da fruta. Fique atento para o primeiro ingrediente que está descrito no rótulo: aquilo que estiver em primeiro, é o que tem maior quantidade. O mesmo vale para sucos à base de soja para quem gosta atentar ao rótulo com relação á açúcares.
EX 1: Ingredientes: açúcar, água, polpa de fruta, etc – esse tipo é o pior, pois tem mais açúcar do que fruta.
Ex: 2 Ingredientes: polpa de fruta, água, açúcar, etc – sempre escolha o que tiver mais fruta composição do que todos os outros ingredientes.
Olho vivo no rótulo. Os sucos industrializados precisam ter registro no Ministério da Agricultura e especificar o número de inspeção na embalagem. Isso garante que o produto segue as regras legais de fabricação.
Os sucos industrializados são enquadrados em três categorias (natural, néctar e refresco), classificadas segundo sua composição. O natural designa as bebidas que contêm a polpa e o suco concentrado da fruta, podendo haver 10% de água potável.
A grande maioria dos sucos de caixinha é classificada na categoria de néctar. Eles também contam com a polpa da fruta, só que em quantidade menor (entre 25% e 50%), além de levar mais água e açúcar. Não podem ter aditivos químicos, como corantes e conservantes, e devem ser pasteurizados.  
Os refrescos contam com a mesma composição, mas o suco da fruta entra em menor quantidade (entre 10% e 20%). Eles contêm aromatizantes e corantes. Os sucos naturais e os néctares são as opções mais saudáveis.
Sucos em pó não são as opções mais saudáveis haja vista que são corantes, aromatizantes, conservantes, açúcares e vale lembrar que bebidas com corantes podem causar alergias.
Uma bebida, diferentes versões
ü  Sucos feitos na hora
À base de frutas frescas, têm mais vitaminas e minerais do que a versão industrializada.
ü  Em embalagem longa vida
Prefira os classificados como suco natural ou néctar, apesar deste conter maior quantidade de açúcar , contam com uma quantidade maior da polpa da fruta e não têm conservantes.
ü  Sucos orgânicos
Seguem as especificações do grupo dos néctares. O diferencial é que são feitos com produtos sem agrotóxicos.
ü  Polpas congeladas
Elas perdem um pouco a qualidade e a quantidade de vitaminas, comparadas com os sucos feitos na hora. Mas é uma opção interessante para quem deseja controlar a quantidade de açúcar, pois é o próprio consumidor que adiciona ao prepará-lo.
ü  Sucos em pó e refrescos
Além de conter uma quantidade mínima de suco de fruta, estão lotados de açúcar e produtos químicos, como os que dão cor, sabor e aroma, e podem desencadear alergias. Evite.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios